UMA BREVE REFLEXÃO.

O que acontece depois que fechamos a porta quando chegamos à casa, à nossa casa?
O que pensamos? O que queremos? O que furtamos de nós? O que aceitamos em nós?
Nos desatamos ou atamos em nó? Ou seria em nós?
Tiramos as máscaras quando fechamos a porta.
Quem somos?
Verdades? Delírios? Amores? Sabores? Sonhos? Desejos profanos? Mentiras? Ódio? O bem? O mal?
Os sótãos,os porões tudo se abre quando fechamos a porta. Sinta, acolha, seja leal ao que possui - não existe traição quando se tem lealdade. Honre. Viva.
E quando a porta fechar, destranque-se.

Imagem extraída do google.

7 comentários:

  1. Essa viagem ao interior é prática diária. Tem de ser sempre, é auto-conhecimento. Mesmo com busca incessante, nunca saberemos tudo de nós mesmos, porque somos resultado de muitos, muitos.Mas quanto mais soubermos, melhor. Linda reflexão, Dê! Beijão, Edu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Edu. Prática diária e eterna. Volte sempre...rs...Beijos e obrigada!

      Excluir
  2. Ótima reflexão. Precisa escrever sempre para todos nós. Suas colocações nos deixam sempre um gosto de quero mais.
    Abraços.
    Fernando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernando, agradeço sua visita e comentário. Em breve teremos mais coisas por aqui!
      Abraços.

      Excluir
    2. Dra. Denise sempre nos desafiando a crescer. Sou seu fã. Reflexão feita e dezenas de dúvidas chegando. Obrigada por retirar nosso véu.

      Excluir
    3. Eu é que agradeço a visita e comentário. Pena não ter deixado seu nome...
      Saúde pra você!

      Excluir
  3. Sim, isso mesmo você com os seus comentários nosS tira o véu e com isso conseguimos ver a luz que brilha ao nosso redor. Muito obrigada amiga, que a luz esteja sempre com você. Bj

    ResponderExcluir