RAÇÃO HUMANA

Olá, amigo leitor! Nem vou me desculpar pelo meu desaparecimento, vou apenas dizer que não deu pra postar antes, não mesmo. Esse combustível de alegria que é escrever no blog precisou dar lugar à outras coisas, prioridades. Mas, enfim, aqui estamos retomando nosso rumo. Como tinham me sugerido falar sobre a Ração Humana, vou ser breve nas colocações porque acabou se tornando um assunto já bem explorado e muito bem definido em muitos endereços na internet.

Em primeiro lugar gostaria de definir a palavra RAÇÃO. Pelo Dicionário Brasileiro Globo, ração é a porção de alimento que se calcula necessária para a refeição de um homem, ou ainda, a porção de alimento que se dá aos animais de cada vez. Por que achei importante definir? Muitas pessoas já me perguntaram se “ração” não é comida de animal. A resposta é sim e não, e certamente o termo ração cabe perfeitamente nesta denominação.

A combinação de alimentos com variados nutrientes benéficos ao organismo surgiu como uma “milagrosa mistura”, que emagrece. Vamos ver os seus ingredientes:

RECEITA

* 500g de soja em pó
* 100g de farinha de maracujá
* 100g de farelo de trigo
* 100g de gérmen de trigo
* 500g de farinha de aveia
* 100g de gergelim
* 100g de linhaça dourada
* 100g de levedo de cerveja
* 100g de gelatina sem sabor (colágeno hidrolisado)
* 100g de quinua
* 100g de cacau em pó
* 100g de guaraná em pó
* 100g de açúcar mascavo

Misture bem todos os ingredientes da receita, e guarde na geladeira em um pote fechado.

E cada um faz a sua parte...

* LINHAÇA: Fonte de Ômega 3, sais minerais e vitaminas. Melhora a imunidade, auxilia no funcionamento intestinal e é antioxidante.
* GERGELIM: É rico em proteínas, fibras, cálcio e ferro, além de conter gordura de ótima qualidade, vitamina E, do complexo B, minerais como fósforo, magnésio, selênio, zinco e manganês.
* COLÁGENO: para enrijecimento e tonicidade muscular. Fortalece unhas e cabelos. Fornece aminoácidos fundamentais para a manutenção dos ossos e a reconstituição ou regeneração de algumas articulações;
* CASTANHA DO PARÁ: é rica em selênio, excelente antioxidante.
* FARELO DE TRIGO: auxilia no combate a prisão de ventre prevenindo as hemorróidas. Importantes na prevenção do câncer e obesidades.
* GÉRMEN DE TRIGO: contém vitaminas dos grupos A, B, D, F, K e principalmente a vitamina E, que regenera os tecidos. Combate a menstruação irregular, dificuldades de crescimento e desenvolvimento, fraqueza muscular e infecções. Combate também doenças reumáticas, como o torcicolo, reumatismo muscular e nervoso, doenças cardíacas e circulatórias.
* FARINHA DE AVEIA: auxilia na redução do colesterol LDL (“colesterol ruim”)
* LEITE DE SOJA: é rico em proteínas, vitaminas, sais minerais e lecitina, que tonifica o sistema nervoso. Contém um hormônio natural vegetal que age no organismo como estrogênio, ajudando na redução de sintomas associados à menopausa. Auxilia também na redução de colesterol no sangue e na prevenção e tratamento de muitos tipos de câncer; fornecendo ao organismo a quantidade adequada de proteínas, carboidratos, vitamina E e vitaminas do complexo B e Ômega 3;
* AÇÚCAR MASCAVO ORGÂNICO: não passa por processo de refinamento, mantendo assim as vitaminas e sais minerais do caldo da cana. Contém vitaminas e grande quantidade de minerais – entre eles o ferro, o magnésio, o cálcio e o fósforo;
* LEVEDO DE CERVEJA: fonte de vitaminas do complexo B
* QUINUA: rica em ácidos graxos (ômega 3 e 6), fonte de aminoácidos de alto valor biológico, auxilia na redução do colesterol LDL (“colesterol ruim”)
* FARINHA DE MARACUJÁ: é rica em pectina que depois de consumida, se transforma num gel que não é absorvido no processo de digestão carregando consigo o açúcar e o colesterol dos alimentos. Favorece a perda de peso e dá saciedade.
* CACAU EM PÓ: O cacau é fonte de epicatequinas e catequinas de efeito antioxidante. Reduzem a agregação plaquetária e auxiliam no controle do colesterol. O consumo de 30g de chocolate amargo apresenta os efeitos benéficos. Dá sabor à mistura.
* GUARANÁ EM PÓ: energético.

Pela composição da Ração, observamos uma grande quantidade de fibras, o que confere à mistura um grande poder de saciedade, uma melhora no funcionamento intestinal (orgão de eliminação) garantindo a eliminação de substâncias tóxicas do organismo, redução da absorção de gordura pelo organismo, bem como dos açúcares, redução do colesterol e além disso, muitos nutrientes são antioxidantes, o que significa dizer que auxiliam a detoxificação do organismo, destruindo os radicais livres, impedindo o estresse oxidativo e promovendo a prevenção do câncer, do envelhecimento precoce e da obesidade.

Como padronização não é possível no caso de saúde, devemos respeitar a individualidade e a história de vida de cada um e assim, a ração com guaraná em pó, por exemplo, não é recomendada para hipertensos. Os diabéticos devem ficar atentos para o uso do açúcar e cacau.

Embora a mistura seja composta de nutrientes importantes, ela não é completa e por isso deve ser adaptada à dieta alimentar do indivíduo e não substituir as grandes refeições do dia. Tenho utilizado a ração como um “lanchinho auxiliar”, devidamente balanceado caloricamente, para as horas de maior apetite do meu cliente e o resultado tem sido muito positivo.

Consumo: 02 colheres de sopa por dia, misturadas na bebida de soja ou no leite desnatado. Acrescente 01 fruta. Fica muito saborosa também, misturada com iogurte desnatado e fruta.

Meu velho discurso continua: priorize a saúde e não o excesso. Use corretamente a ração e lembre-se que o emagrecimento saudável requer paciência e mudança de hábitos alimentares. Do que adianta a ração de dia e a pizza calabresa à noite? Equilíbrio é tudo!


Até a próxima, querido leitor, com o tema ENXAQUECA.

Saúde pra você!


AVISO: Workshop de Reeducação Alimentar & Emocional dia 17/07/2010

9:00 às 13h



Fale comigo: pensesaude@gmail.com