OBESIDADE - PARTE I

Queridos leitores, como vocês estão? Estamos com mais de 1000 acessos,viram isso? Pois é...agradeço mais uma vez o carinho de vocês! Desejo de coração que as informações postadas sejam úteis, de alguma forma, às pessoas que aqui transitam. Que esse espaço possa levar esperança e alegria a todos aqueles que se encontram procurando um caminho...
Bem, tá um burburinho esse papo de
obesidade...tem muita gente querendo ler sobre esse polêmico tema. Mas o assunto é simples, acredite. Para tratar do fator peso tem que passar pelo primeiro e elementar estágio: NÃO JULGUE! A pessoa acima do peso não é sem-vergonha, não é gulosa, não é descontrolada...A obesidade é um problema de saúde pública, embora pareça ser exclusivamente um problema estético. Estar acima do peso é mais do que estar fora de forma, com um pneuzinho na lateral: o peso extra pode estar comprometendo a sua SAÚDE como um todo. Esse é o foco. Massificado por padrões de beleza, o mundo inteiro parece ter criado uma modelo de perfeição: seios e bundas siliconizados, botox, plástica, lipo...suspende ali, estica aqui...e vai-se também moldando um comportamento aveso ao corpo de origem.
"Defender apenas um tipo de beleza é de certo modo não observar a natureza. Não pode haver apenas um tipo de ave cantora, apenas uma variedade de pinheiro, apenas uma qualidade de lobo. Não pode haver apenas um tipo de bebê, de homem ou de mulher. Não pode haver apenas um formato de seio, de cintura, um tipo de pele." *
O corpo precisa ser respeitado. Até onde irá essa busca que afasta a nossa natureza hereditária? Onde está a beleza natural? O que é a beleza? Onde ela está? Qual a barriga mais chapada? Qual o abdome mais tanquinho? Qual o seio maior, mais farto? Qual a sua origem? Quem é você? O que você veio fazer aqui nesse mundo? Precisamos reter em nossa mente que certas coisas que nos remetem à nossa existência.
"...o corpo é um registro vivo de vida transmitida, de vida levada, de esperança de vida e de cura. Seu valor está na sua capacidade expressiva para registrar reações imediatas, para ter sentimentos profundos, para pressentir." *Estamos nos afastando dessas possibilidades evolutivas que o corpo nos oferece e
nos tornando escravos de um protótipo ditado por uma sociedade materialista e distante da natureza.
O corpo precisa ser cuidado, a auto-estima preservada, mas a mente não pode ser aprisionada a valores que desvinculam o corpo da essência e o liga, somente, a aparência. Por isso o processo de emagrecimento precisa passar por um estágio de renovação de valores, de reconhecimento da hereditariedade, de aceitação da ancestralidade.
Emagrecer é um ato de coragem porque requer passar por mergulhos profundos na busca do verdadeiro motivo que mantém seu peso elevado. Por que quer continuar acima do peso? Por que não quer continuar? As duas perguntas precisam ser respondidas com clareza. Não é aceita a resposta SOU ANSIOSO, a não ser que saiba qual o sentimento que origina a ansiedade.
Emagrecer é um ato de conscientização porque dizer que quer emagrecer para ficar igual a modelo famosa,
não será uma meta forte o bastante para que você consiga.
Emagrecer é passar a se amar mais. É saber que para ter uma vida longa e feliz voce precisa ser saudável. É saber que você não tem só um corpo físico, mas também um corpo espiritual e também uma mente....e estes não podem ser siliconizados. Para tudo há limite. Sugiro que cultue os seus três corpos e não apenas um deles.
Emagrecer é um ato de reflexão porque você precisa saber onde quer chegar, por que quer chegar e como quer chegar! Talvez você queira mesmo ter uma profissão que exija um corpo mais magro. Talvez você queira emagrecer apenas alguns quilos para voltar à forma antiga. Talvez você queira emagrecer muto porque sua pressão arterial está alta e talvez você queira tomar medicamentos, talvez você queira fazer uma gastroplastia, talvez queira ir para um SPA, talvez queira fazer uma Reeducação Alimentar...O importante é refletir e fazer suas escolhas, traçando uma meta e comprometendo-se com ela (qualquer que seja!) Não existem fórmulas mágicas. Existem seres mágicos, seres extraordinários...e eles estão dentro de você, esperando para serem despertados.

"Está errada a imagem vigente na nossa cultura do corpo exclusivamente como escultura. O corpo não é de mármore. Não é essa a sua finalidade. A sua finalidade é a de proteger, conter, apoiar e atiçar o espírito e alma em seu interior, a de ser um repositório para as recordações, a de nos encher de sensações - ou seja, o supremo alimento da psique. É a de nos elevar e de nos impulsionar, de nos impregnar de sensações para provar que existimos, que estamos aqui, para nos dar uma ligação com a terra, para nos dar volume, peso." *Neste meu caminhar conheci pessoas com corpo esguio, com corpo roliço, com perna fina e abdome largo, com perna grossa e abdome magro, com seios grandes e barriga grande, com seios pequenos e estômago muito alto...enfim, várias formas humanas...mas vi em cada uma delas, sem exceção, uma alma que busca chegar à sua essência para que ela brote.
Cuide do seu corpo, mas nunca se esqueça que a felicidade verdadeira não está naquilo que você adquire externamente (quer sejam bens materiais ou novas formas corporais) mas naquilo que você constrói internamente se conhecendo, se aprofundando na fome de saber quem você é verdadeiramente.
Hoje em dia parece que existe uma competição de corpos, mas estão todos ficando iguais! A individualidade e a beleza autêntica estão desaparecendo. Aceitar o corpo e suas mudanças nas diversas fases da vida traduz maturidade. Cuidar com carinho desse corpo, respeitando sua história e trajetória traduz nossa relação com o ciclo da vida e com nossa espiritualidade.
Alimente-se bem, pratique exercícios, cuide da pele, do cabelo, das unhas e dos dentes...fique bela (o), mas aceite-se, antes de qualquer coisa, e não atribua valores superiores a elementos que complementam sua felicidade, mas sem os quais sua vida, ainda assim, continuará!


*Trechos extraídos do livro Mulheres que Correm com os Lobos de Clarissa Pinkola Estés, Ed. Rocco

Dica Emocional
O que ainda é mais forte dentro de você que derruba sua vontade de emagrecer? Você realmente quer isso? Pense...Reflita...Domine esse mal...Mude...
Exercício: Olhe-se nu (a) no espelho , diariamente, e agradeça pelo corpo perfeito que tem. Lembre-se que a gordura não lhe deixa mutilado (a)...
Dica Espiritual

Reduza a quantidade de comida...se usa 05 colheres de arroz, reduza para 4. Se faz uso de refrigerante no almoço e/ou jantar, reduza 02 dedos da bebida a cada semana , até parar...e assim por diante. O que isso tem de espiritual? Tudo...você está dominando seus desejos, no momento certo.

Dica Nutricional
Será dada oportunamente no nosso próximo encontro com o tema: Obesidade - parte II
Seja feliz, querido leitor, pratique bem esses pontos e até breve!
Fale comigo: pensesaude@gmail.com